Explore o verde
Quem conhece Governador Celso Ramos sabe que os recortes sinuosos de sua costa criam tantas praias que às vezes é difícil saber onde começa uma e termina a outra. Se usando os caminhos usuais é possível passar dias sem repetir o destino, adicionando um pouquinho de aventura é possível alcançar pequenos pedaços de paraíso na terra – se você é fã do litoral, claro. Explorar a trilha com destino às praias do Cipó e Ilhéus providencia esse tipo de recompensa.
O acesso à trilha fica às margens da rua dos Recantos, uma pequena servidão de terra que delineia os limites do camping Palmas das Gaivotas e fica de frente com a entrada do Catre e de uma propriedade privada. São poucos metros pela rua e logo o caminho começa a estreitar. Ambas entradas são sinalizadas por placas.

A aventura começa aqui:

Botas de caminhada nos ajudaram a enfrentar o percurso com muito mais conforto e segurança.

A maior parte do percurso é rodeada por uma vegetação rasteira, mas é preciso estar preparado para subidas e descidas. A trilha é fácil, bem aberta, mas o terreno fica bastante acidentado em alguns pontos – a impressão é que a chuva influencia nas condições do percurso justamente por não existirem árvores para proteger o caminho.

Após alguns minutos da saída, a primeira praia surge à vista. Da trilha se tem um panorama deslumbrante da Praia do Cipó, um recanto com 85 metros de extensão. Desfrutar do local depende muito da maré – na baixa, uma faixa tímida de areia se revela, com espaço para aproveitar as águas cristalinas; na alta ficam apenas as rochas e as fortes ondas do mar. Segundo locais, também é possível chegar à praia pelos costões da Praia de Palmas ou do destino seguinte, a Praia dos Ilhéus.

Vista da Praia do Cipó

Seguindo a trilha por mais um tempo, existem dois acessos a Ilhéus (detalhe na foto), um em cada ponta da praia.

A descida, seja por qual lado for, é conduzida pela brisa do mar.

Publicidade

após pouco mais de 25 minutos de caminhada, A terra no caminho começa a se misturar com o amarelo da areia, e é impossível não apressar o passo. Então, de repente, um portal verde te deixa de cara com a imensidão do oceano.

Ilhéus dá uma mostra de como as praias eram antes das cidades crescerem, é um vislumbre emocionante da natureza intocada.

Normalmente a praia de Ilhéus está deserta, tirando pelos moradores nativos: amarelinhos, desconfiados, duas garras e olhos atentos, os siris tomam conta da areia. Com pessoas por perto, eles arriscam algumas corridas à procura de alimento e voltam com pressa para a entrada da toca.
Uma cascata na praia
Se bater vontade de se refrescar, caminhando até a extremidade esquerda da praia é possível encontrar uma pequena cascata que desliza água doce cristalina por um paredão de rochas. Já no lado direito, o costão compõe um belo cenário e pelo morro segue um caminho que chega à Praia do Sissal.
Uma grande surpresa é que na saída da trilha, no canto Sul, existe uma área aberta para camping. Árvores fazendo uma cobertura perfeita, chão reto e limpo. A não ser por uma churrasqueira improvisada com tijolos, não existe nenhuma infraestrutura. É acampar no sentido mais puro da palavra: sem energia, chuveiro ou banheiro, só você e a natureza.
Provavelmente você vai encontrar locais fazendo a trilha com chinelo e sem a menor preocupação, mas a dica é ir preparado, utilizando calçado e roupas de caminhada. É sempre bom evitar surpresas. Como a área é alta e sem proteção da mata, uma generosa camada de protetor solar é bem-vinda. E não esqueça de passar repelente, até mesmo embaixo da roupa – encontramos alguns mosquitos espertos no caminho. Lembrando que todas as praias são desertas, então vá munido de água, frutas e alimentos para não bater a aflição.
Um chamado à responsabilidade
E o item mais importante de todos, como sempre, é uma sacola, bolsa ou compartimento – use a criatividade! – para levar de volta o seu próprio lixo e até mesmo o de outras pessoas, se bater a vontade de dar uma mão para a natureza. Pelo que vimos, essa tem sido uma das últimas preocupações de muitos que passam pelo local, infelizmente encontramos montes enormes de lixo, que agora pedem um mutirão para ser resgatados.

NÃO PERCA ESTE ARTIGO!

Clique agora e descubra um camping incrível para fugir de tudo em modo “pé na areia”:

0 comentários

Trackbacks/Pingbacks

  1. Praias de Palhoça - Guia Praias - Santa Catarina - […] Guarda do Embaú […]
  2. Pode nevar no litoral de Santa Catarina? Pode sim, veja as fotos! - […] Clique agora e sonhe alto com estas hospedagens: 10 Pousadas e Hotéis Incríveis para Ficar em Bombinhas…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *